quarta-feira, 7 de junho de 2017

UM CÉU ESTRELADO DO TAMANHO DO SEU ABRAÇO



Vó,

todas as noites, quando olho pro céu
vejo teus olhos, velando por mim.
Como sempre foi.
Como sempre será.

Aqui embaixo, por enquanto, só dói.


sábado, 4 de fevereiro de 2017

"SOZINHO NO MUNDO, SEM TER NINGUÉM"

"[...] Pois no dia em que "ocê" foi embora, eu fiquei
sozinho no mundo, sem ter ninguém,
o ultimo homem no dia em que o sol morreu".

(O último pôr-do-sol - Lenine & Marcos Suzano) 


                                     Imagem: © Joel Robison

Não houve abraço
Não houve aceno
Não houveram lágrimas.

Você se foi - apenas indo -
como uma navalha
que passa decepando os fios,
interrompendo as ligações,
cortando os laços.

Eu fiquei - apenas ficando -
olhando o tempo engolir o sol,
prevendo o inverno,
esperando o futuro,
sozinho.

Você, no mar - navegando.
Eu, no cais - esperando.

Esperando...
     Esperando...
         Esperando...


(Wendel Valadares)